Proseando

Vida alheia é melhor?

Um homem colhia batatas junto com sua mulher. Em dado momento, cansado, limpou o suor com a manga da camisa e reclamou para ela:
– Que vida dura essa! Batalhamos aqui o dia todo, faça chuva ou faça sol, plantando e colhendo batatas para ganhar uma miséria. Nisso, viu um ônibus e comentou com seus botões:
– Vida boa é a de motorista de ônibus, trabalha sentado, à sombra, viajando!
Nesse exato instante, o motorista do ônibus pensou, tristemente:
– Vida dura essa minha. Anos e anos viajando, sem parada, suportando a chatice dos passageiros e o perigo das estradas! Olhou para o alto, viu um avião e ponderou:
– Vida boa é como a do piloto desse avião; voando lá no silêncio das alturas, conhecendo o mundo inteiro. Exatamente nessa hora, o piloto do avião, em sua cabina, pensava:
– Não aguento mais esta vida! Voando sempre de um lado para outro, em meio a esta parafernália de instrumentos, estressado, sujeito a horários, sem tempo para descansar com a família. Dirigiu o olhar para baixo, meditativo, e viu um homenzinho lá num sítio e afirmou convicto:
– Vida boa é a daquele lavrador lá embaixo, que só precisa plantar suas batatas.

É comum as pessoas acreditarem que a vida dos outros é sempre melhor. Mas vale lembrar que todos nós temos nossos problemas. Sabe aqueles problemas que você acha que só acontecem com você? Eles também acontecem com a maioria das pessoas. Elas apenas não contam para você.

Professora universitária - Mestre em Administração e Blogueira nas horas vagas. Cada um tem a parte de mim que conquistou. Sou mulher, fera, amiga, bruxa e fada. Só não sou obrigada.

%d blogueiros gostam disto: