Proseando

Jovem arrogante

Um jovem muito arrogante, que estava assistindo a um jogo de futebol e bebericando algumas cervejas num desses bares por aí, tomou para si a responsabilidade de explicar a um senhor já maduro, próximo dele, por que era impossível a alguém da velha geração entender esta nova geração.

Dizia o jovem arrogante, em voz alta e clara, de modo que todos em volta pudessem ouvi-lo:

– Vocês, idosos, cresceram em um mundo diferente, sem nada, um mundo quase primitivo. Nós, os jovens de hoje, somos modernos, crescemos com televisão, aviões a jato, viagens espaciais, homens caminhando na Lua, nossas espaçonaves visitam Marte. Nós temos energia nuclear, temos carros elétricos e carros a hidrogênio, computadores com grande capacidade de processamento e…

Ele, então, fez uma pausa para tomar outro gole de cerveja. Foi aí que o senhor, idoso, que escutava pacientemente o que o jovem dizia, aproveitou-se desse intervalo para interromper a liturgia do estudante em sua ladainha e disse:

– Você está certo, filho. Você está inteiramente certo. Nós não tivemos todas essas coisas quando nós éramos jovens. Foi por isso que nós as inventamos, nós as criamos. Diga-me, agora: e você, um bostinha arrogante dos dias de hoje, o que você está fazendo para a próxima geração?

Foi aplaudido ruidosamente!

Professora universitária - Mestre em Administração e Blogueira nas horas vagas. Cada um tem a parte de mim que conquistou. Sou mulher, fera, amiga, bruxa e fada. Só não sou obrigada.

%d blogueiros gostam disto: